A história do Montecristo Espada é muito interessante

A história do Montecristo Espada é muito interessante

A história do Montecristo Espada é muito interessante. Pouco tempo atrás, a Montecristo e o famoso produtor de tabaco e fabricante de charutos Nestor Plasencia chegaram a um acordo. Este acordo daria à equipe da Montecristo, conhecida como o “Grupo de Maestros”, acesso irrestrito à biblioteca de tabacos e fábrica de arte moderna de Plasencia. Lá, o “Grupo de Maestros” passou meses trabalhando para criar o blend perfeito. Um blend diferente de qualquer outro Montecristo feito antes. Um puro nicaraguense que transborda sabor. Um charuto que segundo eles, beira a perfeição, e com um nível de sabor surpreendente. Em suma, Montecristo Espada é excepcional, foi feito do exclusivo arquivo de tabaco de Plasencia, possui uma linda capa Habano de 2010 cultivado em Jalapa, na Nicarágua e um blend envelhecido totalmente nicaragüense de Jalapa. O resultado é extremamente equilibrado, com notas ricas e abundantes de madeira, pimenta, café, creme, nozes e doçura. Elegante, refinado e carregado de complexidade, Montecristo Espada é verdadeiramente um charuto extraordinário. Recebeu as 25 melhores honrarias em 2015 ( # 20 em geral) e uma merecida classificação de 92 pontos: “oferecendo o tempero de gengibre com toques de canela que compõem um final doce e picante”. Infelizmente muito raro de se encontrar no Brasil. #cigar #cigarlife #cigars #cigarporn #cigarlover #cigarporn #cigarsnob #cigarsociety #charuto #charutos #charutoscubanos #charutocubano #charutando #montecristo #habano #puro #havana #nicaragua #montecristoespada

@



15 comentários em “A história do Montecristo Espada é muito interessante”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *